• Home
  • Política
  • PROMETIDO PARA JANEIRO, SOMENTE EM MARÇO QUE SAI O AME DE TAUBATÉ


PROMETIDO PARA JANEIRO, SOMENTE EM MARÇO QUE SAI O AME DE TAUBATÉ

Nova data foi anunciada nesta semana pelo secretário de Desenvolvimento Regional do Estado.
Prometido para janeiro de 2020, o AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Taubaté deve sofrer mais um atraso e ficar para março do ano que vem.
A nova data foi divulgada pelo secretário de Desenvolvimento Regional do estado, Marco Vinholi, durante visita a cidade na última terça-feira (15).
O contrato entre prefeitura e governo do Estado foi assinado em 2015, com previsão de conclusão em 12 meses. De lá para cá, rescisão de contrato com construtora, nova licitação e ajustes na obra do prédio atrasaram o cronograma para a entrega.
Em junho deste ano, durante a entrega da Caep (Companhia de Ações Especiais da Polícia Militar), o governador João Doria (PSDB) afirmou que o AME seria entregue em janeiro do próximo ano.
"Salvo alguma situação imprevista, e quando eu digo 'imprevista' pode ter Ministério Público, Tribunal de Justiça, ações civis públicas, situações que não estão sob controle da prefeitura e do governo do Estado", afirmou o governador.

NOVA DATA
Porém, durante um evento em Taubaté nesta semana, o secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi, disse que a inauguração do AME deve ficar para março. "O estado esta fazendo com a prefeitura as últimas adequações, como ar-condicionado... e no mês de março vamos inaugurar o AME. No mês de maio nós vamos inaugurar o Lucy Montoro", explicou Vinholi.

AME
O AME foi uma promessa de campanha de Ortiz Junior (PSDB) e começou a ser construído em 2015. O prazo inicial era para que as obras fossem concluídas em 12 meses. Porém, o contrato foi rescindido devido a dificuldades financeiras da empresa responsável pela obra. Uma nova licitação foi realizada e a obra retomada em novembro de 2017, mais de um ano depois do prazo para a finalização.

O AME de Taubaté terá capacidade para 20 mil atendimentos por mês e deve ter mais de 22 especialidades médicas, fazendo não só clínica médica, como também exames e até cirurgias. A intenção é atender pacientes de Taubaté e de outras cidades da região, como Campos do Jordão, Lagoinha, Natividade da Serra e Tremembé.




  • Fontes: SITE MEON

Últimas Notícias