• Home
  • PENSAMENTO
  • EM TEMPOS PASSADOS, AS BOLSAS OU INCIPIENTES DESTINADOS A RECOLHER A COLETA ERAM CONFECIONADOS ANIAGEM OU FIBRAS DE JUTA.


EM TEMPOS PASSADOS, AS BOLSAS OU INCIPIENTES DESTINADOS A RECOLHER A COLETA ERAM CONFECIONADOS ANIAGEM OU FIBRAS DE JUTA.

*BREVIÁRIO MAÇÔNICO*

26 de novembro

*SACO DE BENEFICÊNCIA*

Isso para demonstrar que se destinavam a coletar óbulos para os humildes e necessitados.
Posteriormente, passou a denominar-se de bolsa beneficente ou tronco de solidariedade, confeccionados com panos nobres, como veludo, cetim etc.
O “giro” da bolsa beneficente obedece a um ato litúrgico dos mais importantes, porque quando o maçom deposita o seu óbulo, estará depositando a si mesmo, ou seja, os seus benefícios fluidos fluindo das pontas de seus dedos. “Imantando” o óbulo.
O Hospitaleiro, que é o oficial que procede o giro e a coleta, sigilosamente, distribuirá o fruto a quem dele necessitar, excluídos os próprios maçons.
Se um maçom vier a tornar-se um necessitado, o auxilio que receberá será da Loja, com todo o afeto e eficiência; não receberá esmola, mas auxílio obrigatório.
Tu, maçom, ao depositares teu óbulo, seja altruísta e distribuas parte do que o bom Deus te propiciou.

Breviário Maçônico / Rizzardo da Camino



  • Fontes: GRUPO GI APR

Últimas Notícias


Notícias relacionadas